Rio Grande
35 9 9725-8252
35 3521-3509

Qual o preço da soja para 2022?

Por Rio Grande 06/06/2022
Compartilhe

A soja é um dos principais produtos exportados pelo Brasil. Nos últimos 40 anos, a produção de soja subiu mais de 4 vezes, fazendo com que o nosso país se tornasse um dos principais exportadores do grão. Por isso, essa commodity também é uma importante fonte de investimento. Assim, acompanhar o preço da soja é crucial.

Para os produtores rurais, ficar de olho nos preços da soja também é essencial. Já que a soja é usada para diversos preparos, especialmente para a ração dos animais de corte.

Quer entender como o preço da soja tem oscilado neste ano e quais são as previsões futuras? Siga com a gente!

Como o preço da soja tem oscilado em 2022?

Entre o final de 2021 e início de 2022, as previsões eram de que a produção da soja no Brasil batesse novos recordes. Mas, a seca na região Sul e em parte do Centro-Oeste reduziu as projeções.

Com uma produção menor do que o planejado, o preço da soja subiu. Em fevereiro de 2022, o valor de revenda da soja atingiu um recorde nunca visto antes, com o preço médio da saca batendo a casa dos R$180 e uma variação semanal de 5% (em comparação com janeiro).

Os dados foram divulgados pela consultoria Safras & Mercado. De acordo com o levantamento da consultoria, o custo médio do grão, em dezembro de 2021, foi de R$161,67.

Em março, o preço da saca  de 60 kg já era de R$200 em vários estados, sendo que alguns ela passava dos R$ 210.

Os preços aumentaram expressivamente devido à combinação de aumento da demanda doméstica e externa, e pelas condições climáticas, que fizeram com que os produtores tivessem menos grão para vender.

Qual o preço da soja hoje? E as previsões?

Em junho, o preço da saca de soja começou a se estabilizar, variando entre R$171 a R$191. A queda teve início em abril, e foram verificadas quedas em praticamente todo o país. Até mesmo o Paraná, um grande produtor de carnes e, consequentemente, grande consumidor de farelo, registrou quedas constantes do preço da soja até início de junho.

Apesar disso, a expectativa dos bancos e investidores é que, na safra 22/23, os valores da soja estejam acima da média dos últimos 5 anos.

Um estudo divulgado pelo banco holandês Rabobank projetou cotações variando entre R$147 a R$211 a saca, com uma média de R$179 na temporada. Acima dos R$170 por saca registrados na temporada 21/22.

Para o banco, o motivo para essa escalada nos preços é a ameaça de escassez dos insumos agrícolas que pode limitar a área plantada e também a produtividade, reduzindo a oferta de soja no Brasil.

Com a demanda crescente e menos soja no mercado, o preço tende a subir e atingir patamares recordes.

A quebra na produção brasileira de soja devido a problemas climáticos, guerra na Ucrânia e desvalorização do real são alguns dos fatores que explicam os atuais patamares da commodity.

O futuro está atrelado a incertezas. A nova safra apenas será semeada em setembro e até lá é importante que os insumos essenciais para as lavouras cheguem, já que a maior parte dos fertilizantes usados são importados da Rússia. 

Até o momento, as compras têm chegado com normalidade. Mas para o futuro, analistas como o Itaú BBA preveem que os impactos da guerra poderão ser refletidos nos portos, com redução dos volumes que precisam chegar.

Qual o mercado futuro da soja?

O mercado futuro é o que negocia contratos futuros de soja. São acordos de compra ou venda de sacas desse produto em uma data futura e a um preço que foi estabelecido entre as duas partes no momento da negociação.

O futuro de soja é usado especialmente por produtores e indústrias, como uma ferramenta de gestão de risco de oscilação no preço do produto. Mas também pode ser usado como negociação de traders.

O objeto da negociação é a soja a granel tipo exportação, com especificações técnicas quanto à pureza e o teor mínimo e máximo de óleo. O futuro de soja é negociado na Bovespa e padronizado de acordo com suas datas de vencimento.

A cotação é em dólar e dá-se por saca. O contrato é de 450 sacas de 60 kg cada. O que se negocia no mercado futuro são contratos que firmam o preço para uma negociação até determinada data futura. O objetivo principal é a fixação de preços, visando uma proteção em relação ao preço praticado no mercado, em uma data futura.

Preços

A soja tem estado em alta no mercado brasileiro e também internacional. Isso porque a previsão de expansão da área plantada nos Estados Unidos é de apenas 0,9% para a safra 2022/2023. E a demanda global tem estado aquecida.

Na bolsa de Chicago, os contratos futuros com vencimentos no primeiro semestre de 2022 oscilam entre US$16 e US$17 por bushel. O contrato com vencimento em março de 2022 ultrapassou US$17 por bushel, a maior cotação desde setembro de 2012.

Conclusão

Como você pode notar, o preço da soja em 2022 registrou várias altas. Apesar de, agora, o preço estar um pouco menor, ainda registra alta quando comparado a anos anteriores. E, para os especialistas, a expectativa é que em 2023 os preços sigam elevados.

Isso se deve a uma conjuntura de fatos. Desde questões internas, como problemas climáticos, até externas, como a Guerra da Ucrânia.

Para o produtor rural, entender essas oscilações é muito importante. Especialmente para quem lida com gado de corte, já que a soja é um dos principais insumos para as rações de bovinos.

Quer fugir do preço alto da soja, mas não sabe como? Descubra como usar a aveia em grãos para bovinos!

Receba nossos conteúdos

Veja Também

Suínos
24/04/2020 - Tendências em Suinocultura
Bovino de Corte
16/07/2020 - Quais os tipos de bovinos e como deve ser sua alimentação?
Bovino de Corte
25/08/2020 - Por que prezar pela formulação correta da ração?
Bovino de Leite
10/09/2020 - Rio Grande + Delaval: a parceria da produtividade leiteira!
Suínos
07/10/2020 - Como fazer a gestão da água na suinocultura industrial?
Bovino de Corte
15/10/2020 - Como emitir CND ITR?
Bovino de Leite
09/11/2020 - Bovinocultura de leite: 6 cuidados essenciais no manejo!
Suínos
14/12/2020 - Suinocultura no Brasil: 5 estados que são grandes produtores
Suínos
18/01/2021 - Rio Grande: Nutron e Rio Grande, a solução para os seus suínos.
Bovino de Corte
18/02/2021 - Qual é o agente causador da doença da vaca louca?
Bovino de Leite
10/03/2021 - Quantos dias por ano a vaca produz leite?
Suínos
02/04/2021 - Instrução Normativa estabelece boas práticas de manejo em granjas de suínos
Bovino de Leite
11/05/2021 - Mini vaca: guia completo com tudo o que você precisa saber!
Bovino de Corte
25/06/2021 - Gado de corte: as 8 melhores raças
Bovino de Leite
15/07/2021 - Desconto na conta de luz para produtores de leite: como funciona?
Bovino de Leite
21/07/2021 - Pecuária intensiva e extensiva: entenda a diferença entre elas
Bovino de Corte
25/08/2021 - Boi Angus: tudo o que você precisa saber sobre essa raça
Bovino de Corte
15/09/2021 - 3 ingredientes para ração de bovinos de corte
Bovino de Corte
13/10/2021 - Como fazer dimensionamento de piquetes para bovinos de corte?
Bovino de Corte
06/12/2021 - Aveia em grãos para bovinos: como e por que oferecer?
Suínos
13/01/2022 - 2022: O que esperar da Suinocultura no Brasil?
Bovino de Corte
01/02/2022 - Quais os principais alimentos utilizados na nutrição animal?
Bovino de Corte
03/03/2022 - Pecuária brasileira: os 5 tipos de pecuária existentes no Brasil
Bovino de Leite
01/04/2022 - Hipocalcemia em vaca: o que é e quais os sintomas?
Bovino de Corte
05/07/2022 - Quais são as práticas de manejo reprodutivo dos bovinos de corte e leite?
ATENDIMENTO ÁGIL E COMPROMISSO COM O CLIENTE DESDE JUNHO 2012.
RECEBA NOVIDADES
EM SEU E-MAIL
Rodovia MG-050, nº 33 (Pista Lateral com sentido á Itaú de Minas)
Passos - MG
CEP.: 37.902-538
  • 35 3521-3509
  • 35 9 9725-8252
  • © 2016 RIO GRANDE NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.