Rio Grande
35 9 9725-8252
35 3521-3509

3 ingredientes para ração de bovinos de corte

Por Rio Grande 15/09/2021
Compartilhe

Definir corretamente os ingredientes para ração de bovinos de corte é de suma importância. Isso porque esses alimentos ajudam a maximizar os índices zootécnicos do rebanho, além de proporcionar melhor acabamento da carcaça e padronização para comercialização.

A ração certa também ajuda a impactar positivamente no custo de produção, aumentando a lucratividade da sua produção. Quer entender melhor? Siga conosco!

Como formular uma ração para bovinos de corte?

Existem alguns passos que devem ser seguidos quando você for formular a ração para bovinos de corte. O primeiro passo é caracterizar os animais, considerando a raça e as exigências nutricionais deles. Depois, é importante verificar as exigências da criação.

Na sequência, é fundamental levantar e quantificar os alimentos, considerando a composição de cada um dos ingredientes e selecionando os melhores para os objetivos propostos. Por fim, é necessário realizar o balanceamento, pensando em termos de equilíbrio das proteínas e da energia.

A composição do alimento é um dos fatores mais importantes quando for escolher a ração para bovinos de corte, além da qualidade dos ingredientes. O volumoso que contém níveis de fibras iguais ou superiores a 18% fica por conta da forrageira (por exemplo, cana-de-açúcar fresca picada ou silagem de milho). Já o concentrado que tem níveis de fibra inferiores a 18% na matéria seca (MS) pode ser proteico (com 20% ou mais de proteína bruta na MS) ou energético (menos de 20% de proteína bruta na MS).

Métodos de formulação

Existem alguns métodos de formulação usados com frequência. Os principais são:

Quadrado Pearson

Método simples que ajuda a calcular as proporções de 2 componentes de uma mistura, para atender a um nível de nutriente desejado. Para usar esse método:

  1. Desenhe um quadrado e coloque no centro a porcentagem desejada do nutriente;

  2. Coloque o conteúdo de nutriente (proteína) em porcentagem de cada alimento nos ângulos esquerdos do quadrado;

  3. A base de referência (matéria seca ou matéria natural) precisa ser a mesma para a exigência e o teor de nutrientes dos alimentos;

  4. Subtraia diagonalmente no quadrado os menores números dos maiores e coloque os resultados nos ângulos direitos do quadrado;

  5. O centro do quadrado deve estar entre os valores dos números dos ângulos esquerdos;

  6. As quantidades de cada alimento devem ser expressas em porcentagem do total.

Programação Linear

Usa softwares específicos para calcular o lucro máximo com o custo mínimo. Para isso, considera o preço dos alimentos, os alimentos disponíveis, a composição dos alimentos, as exigências nutricionais dos animais e as restrições ou limitações dos alimentos.

Quais os principais ingredientes para ração de bovinos de corte?

Nas rações de bovinos, os alimentos concentrados são muito usados para suprir as deficiências nutricionais das forrageiras e também permitir uma produção mais elevada.

A grande maioria dos concentrados são compostos por suplementos energéticos, suplementos proteicos e suplementos minerais e vitamínicos. 

1-Suplementos energéticos

São compostos com alta concentração de carboidratos. Os mais usados na ração de bovino de corte são: grãos de cereais, raízes de tubérculos, sementes de oleaginosas e suplementos proteicos ricos em energia.

Os cereais são os que representam a maior proporção nos suplementos energéticos. Dentro desse grupo, os mais usados são: milho, sorgo, arroz, trigo e centeio.

2-Suplementos proteicos

São os responsáveis pelo fornecimento de nitrogênio ou aminoácidos, componentes fundamentais para a formação e o crescimento dos animais. Essa é a segunda maior exigência dos bovinos e os principais usados são a semente de algodão e de soja.

Outro ingrediente muito usado é o farelo de amendoim que possui proteína de qualidade e em grande quantidade. Ela é de fácil digestão, mas tem deficiência em lisina. 

Além desses, os subprodutos industriais de origem animal costumam ser utilizados, como as farinhas de carnes e ossos, ricas em proteínas, cálcio e fósforo.

3-Suplementos minerais e vitamínicos

As pastagens costumam ser ricas em vitaminas A, D e E, por isso, não costuma haver necessidade de suplementação dos animais. Mas, quando as forragens são conservadas na forma de feno ou de silagem, elas acabam perdendo grande quantidade dessas vitaminas, sendo necessário suprir as vitaminas nos concentrados.

Nas fazendas que atravessam períodos de seca, a suplementação é imprescindível. Se o pecuarista desejar suplementar o rebanho no período das águas, o preço do produto é que determinará a escolha, desde que o pasto tenha alto valor nutritivo.

De forma geral, uma boa ração para bovinos de corte contém: milho moído ou inteiro, farelo de soja, ureia, sal mineral e sal comum.

Melhores estratégias nutricionais

De forma geral, as melhores estratégias nutricionais costumam ser:

  • Cria: fornecer creep feeding, garantindo que os bezerros cheguem a fase de desmame mais pesados do que caso se alimentassem apenas com leite;

  • Recria: fornecer suplemento proteico ou proteico energético de 0,1% a 0,3% do peso vivo;

  • Terminação: suplementação proteico energética com gordura a 0,5% ou confinamento/semiconfinamento, conforme o regime de chuvas da região.

Importância do sal proteinado para bovinos de corte

O sal proteinado para gado é um composto que precisa ser oferecido durante todo o ano e não apenas nos períodos de seca. Ele aperfeiçoa o aproveitamento dos nutrientes, reduz o tempo de abate e promove excelentes resultados na pecuária de corte, evitando queda na produtividade.

Um bom sal proteinado deve conter: cálcio, cobalto, enxofre, ferro, fósforo, flúor, magnésio e potássio – que não costumam ser oferecidos naturalmente pela pastagem.

O cocho é o local ideal para servir o sal e precisa estar protegido de água como chuvas, calhas ou irrigação das plantações. Também precisa ter um tamanho adequado para que todos os animais tenham acesso ao componente e ração ao mesmo tempo e de forma adequada.

Alguns produtores precisam reforçar o uso do sal no período de seca. O armazenamento deve ser feito com muito cuidado, evitando desperdício e contaminação.

Agora você já sabe a importância dos ingredientes para a ração de bovinos de corte? Leia nosso conteúdo com as 8 melhores raças de gado de corte!

Receba nossos conteúdos

Veja Também

ATENDIMENTO ÁGIL E COMPROMISSO COM O CLIENTE DESDE JUNHO 2012.
RECEBA NOVIDADES
EM SEU E-MAIL
Rodovia MG-050, nº 33 (Pista Lateral com sentido á Itaú de Minas)
Passos - MG
CEP.: 37.902-538
  • 35 3521-3509
  • 35 9 9725-8252
  • © 2016 RIO GRANDE NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.