Rio Grande
35 9 9725-8252
35 3521-3509

Por que prezar pela formulação correta da ração?

Por Rio Grande 25/08/2020
Compartilhe

A formulação da ração de bovinos é uma preocupação constante de quem cria esses animais, tanto para vacas leiteiras como para gado de corte. Afinal, a nutrição adequada fará com que o animal produza mais leite ou tenha melhores condições para o abate.

Além disso, a ração adequada ajuda a reduzir custos, o que influencia diretamente no orçamento final e no lucro obtido. Quer entender melhor como a formulação correta da ração pode lhe ajudar? Siga a leitura!

Qual a importância da formulação correta da ração?

A formulação de rações sempre foi um problema de grande importância a ser resolvido por quem cria bovinos. Isso porque é fundamental atender as necessidades nutricionais dos animais, permitindo que eles tenham um bom desempenho produtivo e reprodutivo.

Porém, apenas satisfazer essas exigências não é suficiente. O ideal é otimizar a utilização dos alimentos fornecidos, pois esses representam custos de produção aos criadores – algo que sempre deve ser minimizado.

Assim, uma ração formulada de maneira adequada ajuda:

·         no ganho ou perda de peso do animal;

·         na reprodução do animal;

·         na produção de leite;

·         na saúde do animal como um todo;

·         na lucratividade do criador.

Dessa forma, cada ração deve ser pensada e planejada de acordo com as exigências nutricionais do animal em questão, como: raça, peso corporal, desempenho (produção de leite ou ganho de peso), escore corporal, composição do leite (porcentagem de gordura), estágio de lactação e reprodução e número de lactações.

 

Como estipular a formulação correta da ração bovina?

Além das características fisiológicas dos animais, as exigências nutricionais ainda variam de acordo com os fatores ambientais (condições climáticas, relevo da pastagem, quantidade de lama etc.) e pelos fatores do manejo (tipo de instalações, distância diária percorrida etc.).

Por isso, o primeiro passo para estipular uma formulação correta é conhecer de perto o rebanho e a fazenda, afinal a genética, o ambiente e o manejo afetam diretamente o resultado da alimentação.

Outro ponto importante é avaliar as metas para cada rebanho. Dessa forma, a alimentação das novilhas, por exemplo, deverá ser diferenciada, pensando em qual peso e tamanho elas devem alcançar para entrar em reprodução com a idade correta. As vacas, além de produzirem leite, precisam se reproduzir de maneira adequada – o que só ocorrerá se tiverem o balanço energético correto para isso.

Quem for o responsável por estipular a formulação da ração ainda precisa conhecer sobre os tipos de alimentos e valores nutricionais de cada um, pensando na função que cada alimento exercerá no organismo do animal. Por exemplo, buscando por alimentos que promovam ruminação, sejam benéficos à microbiota do rúmen, gerem mais energia e proteína etc.

Todos esses pontos são essenciais porque, quando falamos na criação de vacas leiteiras, a alimentação é um dos itens de maior custo dentro do sistema de produção de leite e o especialista em nutrição animal deve estar sempre atento ao preço dos insumos, buscando uma dieta que ofereça altos resultados e ainda melhore a lucratividade do produtor.

Não se esqueça que, geralmente, uma fazenda conta com 3 tipos de dietas. A primeira é a preparada pelo nutricionista ou outro profissional especializado, a segunda é a que o tratador tem a capacidade de preparar e a terceira é aquela que a vaca realmente consome, considerando todo o seu poder de seleção e capacidade de alimentação. Essa terceira é a que deve sempre ser considerada, evitando desperdícios.

Gostou de saber mais sobre a formulação correta da ração para bovinos? Compartilhe essas dicas nas suas redes sociais!

Receba nossos conteúdos

Veja Também

Suínos
24/04/2020 - Tendências em Suinocultura
Bovino de Corte
16/07/2020 - Quais os tipos de bovinos e como deve ser sua alimentação?
Bovino de Leite
10/09/2020 - Rio Grande + Delaval: a parceria da produtividade leiteira!
Suínos
07/10/2020 - Como fazer a gestão da água na suinocultura industrial?
Bovino de Corte
15/10/2020 - Como emitir CND ITR?
Bovino de Leite
09/11/2020 - Bovinocultura de leite: 6 cuidados essenciais no manejo!
Suínos
14/12/2020 - Suinocultura no Brasil: 5 estados que são grandes produtores
Suínos
18/01/2021 - Rio Grande: Nutron e Rio Grande, a solução para os seus suínos.
Bovino de Corte
18/02/2021 - Qual é o agente causador da doença da vaca louca?
Bovino de Leite
10/03/2021 - Quantos dias por ano a vaca produz leite?
Suínos
02/04/2021 - Instrução Normativa estabelece boas práticas de manejo em granjas de suínos
Bovino de Leite
11/05/2021 - Mini vaca: guia completo com tudo o que você precisa saber!
Bovino de Corte
25/06/2021 - Gado de corte: as 8 melhores raças
Bovino de Leite
15/07/2021 - Desconto na conta de luz para produtores de leite: como funciona?
Bovino de Leite
21/07/2021 - Pecuária intensiva e extensiva: entenda a diferença entre elas
Bovino de Corte
25/08/2021 - Boi Angus: tudo o que você precisa saber sobre essa raça
Bovino de Corte
15/09/2021 - 3 ingredientes para ração de bovinos de corte
Bovino de Corte
13/10/2021 - Como fazer dimensionamento de piquetes para bovinos de corte?
Bovino de Corte
06/12/2021 - Aveia em grãos para bovinos: como e por que oferecer?
Suínos
13/01/2022 - 2022: O que esperar da Suinocultura no Brasil?
Bovino de Corte
01/02/2022 - Quais os principais alimentos utilizados na nutrição animal?
Bovino de Corte
03/03/2022 - Pecuária brasileira: os 5 tipos de pecuária existentes no Brasil
Bovino de Leite
01/04/2022 - Hipocalcemia em vaca: o que é e quais os sintomas?
Bovino de Corte
06/06/2022 - Qual o preço da soja para 2022?
ATENDIMENTO ÁGIL E COMPROMISSO COM O CLIENTE DESDE JUNHO 2012.
RECEBA NOVIDADES
EM SEU E-MAIL
Rodovia MG-050, nº 33 (Pista Lateral com sentido á Itaú de Minas)
Passos - MG
CEP.: 37.902-538
  • 35 3521-3509
  • 35 9 9725-8252
  • © 2016 RIO GRANDE NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.