Rio Grande
35 9 9725-8252
35 3521-3509

Quais os tipos de bovinos e como deve ser sua alimentação?

Por Rio Grande 16/07/2020
Compartilhe
O Brasil é reconhecido internacionalmente pela qualidade da sua bovinocultura, com um grande volume de exportação de carnes e um rebanho nacional que supera a marca das 200 milhões de cabeças de gado. Mas para garantir realmente o sucesso, é imprescindível uma alimentação equilibrada e balanceada.
 
E não é só isso. Afinal, bovinos de corte e bovinos de leite têm necessidades diferentes em relação à nutrição. Por isso, quem trabalha com esses animais necessita de um cuidado extra, garantindo qualidade e rentabilidade. Quer entender melhor? Siga a leitura!
 
 
Como deve ser a alimentação dos bovinos?
 
De uma forma geral, as pastagens brasileiras não costumam ser suficientes para as necessidades nutricionais dos bovinos, pois são carentes em determinados elementos. Ainda que as características variem dependendo da região, da época do ano e da quantidade de chuvas, de uma maneira geral a pastagem costuma ser bem deficiente em minerais.
 
Por isso, tanto para os gados de corte como de leite, a suplementação é essencial, independentemente do sistema de criação. Para suplementar corretamente, é preciso, primeiro, definir os objetivos da produção e a destinação do produto.
 
Além disso, a dieta dos animais deve ser elaborada seguindo outros parâmetros como: idade, sexo, estágio produtivo e condição de saúde. É por isso que não existe uma receita fixa de dieta, cada produtor deverá entender as necessidades dos seus animais.
O que existem são ingredientes de qualidade elevada que devem integrar a alimentação dos bovinos, como milho, sorgo e farelo de soja. Contudo, as quantidades de cada elemento e a fórmula final devem ser estipuladas a partir das necessidades de cada produção.
 
Porém, é claro, é de suma importância que os insumos sejam de boa procedência, evitando aqueles produtos com contaminação de micotoxinas e metais pesados.
Principais dicas de nutrição para bovinos leiteiros.
 
Embora a nutrição deva ser pensada e planejada dependendo das características de cada rebanho, existem algumas dicas gerais que são importantes para os bovinos leiteiros, sendo essencial encontrar um balanço entre:
 
·         alimento volumoso e rico em fibras, importante para o bom funcionamento do rúmen;
 
·         alimento concentrado, que provê a quantidade necessária de proteína e a energia adequada para atender às necessidades da produção;
 
·         sal mineral, que fornece os macro e microminerais essenciais para o funcionamento do metabolismo.
 
Algumas boas práticas de nutrição de bovinos leiteiros estão descritas abaixo e podem lhe ajudar a aumentar a sua produtividade e qualidade.
 
 
Suplementação
 
A suplementação é muito importante e garante que as exigências nutricionais dos animais serão atendidas. O primeiro passo para suplementar corretamente é definir as metas produtivas e o segundo é contar com uma orientação de profissionais especializados em nutrição animal para encontrarem a fórmula ideal para o seu rebanho. Além disso, sempre trabalhe com fornecedores idôneos e que tenham produção de excelência em suplementos.
 
Os suplementos também são importantes porque contam com aditivos que mantêm a saúde do epitélio do trato digestivo, o que faz com que os animais absorvam melhor os nutrientes, o que eleva a eficiência alimentar e reduz o desperdício.
 
 
Manejo das pastagens
 
A forrageira deve ser escolhida de acordo com as características da sua região, pensando na espécie que melhor se adapta ao ambiente, por exemplo que seja mais resistente a geada ou a longos períodos de seca. Outra dica essencial é fazer o correto manejo das pastagens.
 
O pastejo rotacionado é o que garante a qualidade do pasto e limita o acesso do gado a determinados locais durante certa época do ano, assegurando o desenvolvimento adequado do pasto.
 
 
Água de qualidade
 
A qualidade do leite está diretamente relacionada à qualidade e à disponibilidade de água oferecida. É crucial que a água oferecida ao rebanho seja fresca, limpa e abundante. Para se ter uma ideia, para uma vaca produzir 1 litro de leite, ela precisa de 4 litros de água.
 
A água também é um elemento essencial para o pleno funcionamento do sistema digestório e das demais funções vitais dos animais. Se o gado é criado em regiões quentes, redobre a atenção, porque quanto mais calor, maior a necessidade de água das vacas.
 
Como você viu, existem inúmeros cuidados com a alimentação dos bovinos que precisam ser seguidos para garantir mais produtividade e qualidade.  Se você procura por um parceiro de qualidade para o fornecimento de ração e suplementos bovinos, entre em contato e saiba como podemos ajudá-lo!
Receba nossos conteúdos

Veja Também

Bovinos de corte
RECEBA NOVIDADES
EM SEU E-MAIL
Rodovia MG-050, nº 33 (Pista Lateral com sentido á Itaú de Minas)
Passos - MG
CEP.: 37.902-538
  • 35 3521-3509
  • 35 9 9725-8252
  • © 2016 RIO GRANDE NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.