Rio Grande
35 9 9725-8252
35 3521-3509

Quais são as práticas de manejo reprodutivo dos bovinos de corte e leite?

Por Rio Grande 05/07/2022
Compartilhe

O manejo reprodutivo está diretamente relacionado ao sucesso da produção do bovino de corte ou de leite. Ele envolve o uso de diferentes técnicas capazes de tornar o processo de reprodução dos animais mais eficiente, com uma adaptação harmônica ao ambiente no qual eles estão inseridos.

Se você tem dúvidas sobre manejo reprodutivo, continue lendo este conteúdo e veja as dicas importantes que separamos.

O que é manejo reprodutivo de bovinos?

O manejo reprodutivo de bovinos consiste no uso de técnicas avançadas para que vacas em idade reprodutiva produzam crias saudáveis, desmamadas com peso adequado

Assim, o principal objetivo é gerar bezerros saudáveis e com boa constituição genética, usando matrizes com boa aptidão reprodutiva.

Algumas das técnicas que podem ser usadas no manejo reprodutivo de bovinos são:

  • melhoramento genético, para aperfeiçoar as melhores características genéticas por meio do cruzamento entre diferentes raças. Um exemplo é a inserção do gado Zebu no Brasil Central;

  • inseminação artificial, para alcançar esse melhoramento com mais rapidez e em maior escala, como as fêmeas leiteiras geradas com grande potencial para produção de leite e reprodutores melhorados;

  • sanidade e seleção, optando por reprodutores e matrizes com alto potencial reprodutivo e excelente estado sanitário (tanto dos machos como das fêmeas), além de analisar critérios em exames seletivos para aprovação dos touros.

Qual a importância do manejo reprodutivo?

O manejo reprodutivo é extremamente importante. É ele que determina a taxa de longevidade dos animais, o número de reposições, processo genético, duração do período seco e maior parte das atividades que a vaca exerce durante sua vida produtiva.

Além disso, a avaliação da eficiência reprodutiva é essencial para o sucesso do empreendimento.

Quando o manejo reprodutivo é bem executado, a produtividade individual dos animais e do rebanho aumenta. Assim, há um equilíbrio econômico entre o potencial genético dos animais, a nutrição, a sanidade e a ambiência.

Quais são as práticas de manejo reprodutivo dos bovinos de corte e leite?

Existem algumas práticas de manejo reprodutivo que fazem toda a diferença nos resultados obtidos. Veja quais são elas.

Gado de corte

A otimização do manejo reprodutivo em bovinos de corte ajuda a elevar o desempenho do rebanho e a lucratividade. Veja algumas técnicas e dicas indispensáveis.

  1. Selecione touros adequados. Faça o exame andrológico para direcionar o animal a partir do seu potencial, considerando: produção de sêmen, características raciais, comportamento sexual e saúde em geral.

  2. Selecione as matrizes, considerando idade, peso corporal, época da parição, score corporal e condição uterina e ovariana. Com isso, é possível analisar a fertilidade geral do rebanho e identificar a precocidade sexual, habilidade materna e capacidade de produção de bezerros por ano.

  3. Atenção à estação de monta, sendo a época mais indicada nas variações entre período seco e chuvoso, pois é quando há maior disponibilidade de forragens em quantidade e qualidade suficientes para alimentar os animais. Como o Brasil é muito grande, claro, há variações no período de chuvas. O ideal é que a estação de monta comece com esse período.

  4. Faça o diagnóstico gestacional precoce, pois, quanto mais cedo a gestação bovina for identificada, maiores as chances de reduzir os custos de produção. Ao diagnosticar precocemente ainda é mais fácil colocar as fêmeas prenhas em condições especiais como: espaço específico, nutrição balanceada e parto em local tranquilo.

Vacas leiteiras

Todas as dicas de manejo para gado de corte também são válidas para vacas leiteiras. E ainda podemos adicionar mais algumas.

  1. Fertilização e perdas de prenhez: as perdas de gestação em vacas leiteiras desde a fertilização até o parto podem chegar a 60%, no entanto, as taxas de fertilização em bovinos são altas, o que indica que elas acontecem geralmente após a fertilização. Vários estudos demonstram que a fertilidade pode ser comprometida pelo aumento na ordem de parição, em vacas de alta produção de leite e por fatores ambientais como estresse térmico.

  2. Manejo alimentar: a fêmea deverá ser suprida em todas as suas necessidades, pois a atividade cíclica ovariana ocorre apenas em vacas com balanço energético positivo, ou seja, em animais que ingerem alimentos que fornecem mais energia que o necessário para a sua manutenção e produção de leite.

  3. Manejo ambiental: o conforto ambiental interfere na produção de leite e reprodução. Acesso a áreas sombreadas, bebedouros e abrigos contribuem efetivamente para o controle do estresse térmico, que favorece a concepção e a manutenção da gestação.

Conclusão

Neste conteúdo, você viu que o manejo reprodutivo em bovinos é extremamente importante, tanto para a produção de gado de corte como de leite. Ela garante animais saudáveis e boas características genéticas, mantendo a produção do seu rebanho.

Além dessas dicas gerais, é claro, existem muitas outras. Especialmente relacionadas à inseminação artificial e a análise do seu rebanho. Pontos que um veterinário especializado poderá lhe ajudar.

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter e receba direto no seu e-mail as novidades do blog!

Receba nossos conteúdos

Veja Também

Suínos
24/04/2020 - Tendências em Suinocultura
Bovino de Corte
16/07/2020 - Quais os tipos de bovinos e como deve ser sua alimentação?
Bovino de Corte
25/08/2020 - Por que prezar pela formulação correta da ração?
Bovino de Leite
10/09/2020 - Rio Grande + Delaval: a parceria da produtividade leiteira!
Suínos
07/10/2020 - Como fazer a gestão da água na suinocultura industrial?
Bovino de Corte
15/10/2020 - Como emitir CND ITR?
Bovino de Leite
09/11/2020 - Bovinocultura de leite: 6 cuidados essenciais no manejo!
Suínos
14/12/2020 - Suinocultura no Brasil: 5 estados que são grandes produtores
Suínos
18/01/2021 - Rio Grande: Nutron e Rio Grande, a solução para os seus suínos.
Bovino de Corte
18/02/2021 - Qual é o agente causador da doença da vaca louca?
Bovino de Leite
10/03/2021 - Quantos dias por ano a vaca produz leite?
Suínos
02/04/2021 - Instrução Normativa estabelece boas práticas de manejo em granjas de suínos
Bovino de Leite
11/05/2021 - Mini vaca: guia completo com tudo o que você precisa saber!
Bovino de Corte
25/06/2021 - Gado de corte: as 8 melhores raças
Bovino de Leite
15/07/2021 - Desconto na conta de luz para produtores de leite: como funciona?
Bovino de Leite
21/07/2021 - Pecuária intensiva e extensiva: entenda a diferença entre elas
Bovino de Corte
25/08/2021 - Boi Angus: tudo o que você precisa saber sobre essa raça
Bovino de Corte
15/09/2021 - 3 ingredientes para ração de bovinos de corte
Bovino de Corte
13/10/2021 - Como fazer dimensionamento de piquetes para bovinos de corte?
Bovino de Corte
06/12/2021 - Aveia em grãos para bovinos: como e por que oferecer?
Suínos
13/01/2022 - 2022: O que esperar da Suinocultura no Brasil?
Bovino de Corte
01/02/2022 - Quais os principais alimentos utilizados na nutrição animal?
Bovino de Corte
03/03/2022 - Pecuária brasileira: os 5 tipos de pecuária existentes no Brasil
Bovino de Leite
01/04/2022 - Hipocalcemia em vaca: o que é e quais os sintomas?
Bovino de Corte
06/06/2022 - Qual o preço da soja para 2022?
Bovinos de corte
RECEBA NOVIDADES
EM SEU E-MAIL
Rodovia MG-050, nº 33 (Pista Lateral com sentido á Itaú de Minas)
Passos - MG
CEP.: 37.902-538
  • 35 3521-3509
  • 35 9 9725-8252
  • © 2016 RIO GRANDE NUTRIÇÃO E SAÚDE ANIMAL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.